dataType

grid

11572 record(s)

 

Type of resources

Available actions

INSPIRE themes

Provided by

Years

Formats

Representation types

Update frequencies

Status

Scale

Resolution

geoDescCode

cartografia

geographicCoverage

geographicCoverageDesc

inspirecore

referenceDateRange

denominatorRange

resolutionRange

dataPolicy

openServiceType

dataType

dataFormat

From 1 - 10 / 11572
  • The orthophotomaps at a scale of 1:5000 of Madeira Islands were made from a digital aerial survey with acquisition of digital photographs with a resolution of 30 cm. The flights were performed between July and September 2010 in three missions.

  • A carta de Portugal na escala 1:200 000 (série M585), é composta por oito folhas, que abarcam a totalidade do território de Portugal continental. Cada uma dessa folhas abrange uma área de 160 km x 160 km. Esta carta possui indicações administrativas e itenerárias, tendo sido iniciada em 1969. Nesta série figuram temas como a rede viária (rodoviária e ferroviária), a hidrografia, os limites administrativos, a toponímia e diversos. Este último contempla entidades como curvas de nível, edificado, aeroportos, linhas de alta tensão, entre outros. O sistema de referência é o Datum Lisboa e o sistema de projecção é definido a partir da Projecção de Gauss-krüger, com origem das coordenadas rectangulares no Ponto Central ( Latitude: 39º 40’ 00’’ N, Longitude: 08º 07’ 54’’,862 W). As coordenadas geográficas estão indicadas em intervalos de 1 minuto. Em sobrecarga azul está indicada a pseudoquadrícula decaquilométrica UTM-RE50. Na margem figuram indicações das divisões e subdivisões do sistema UTM. A impressão da carta é feita a 9 cores e encontra-se disponível em formato analógico e raster.

  • A carta de Portugal na escala 1:200 000 (série M585), é composta por oito folhas, que abarcam a totalidade do território de Portugal continental. Cada uma dessa folhas abrange uma área de 160 km x 160 km. Esta carta possui indicações administrativas e itenerárias, tendo sido iniciada em 1969. Nesta série figuram temas como a rede viária (rodoviária e ferroviária), a hidrografia, os limites administrativos, a toponímia e diversos. Este último contempla entidades como curvas de nível, edificado, aeroportos, linhas de alta tensão, entre outros. O sistema de referência é o Datum Lisboa e o sistema de projecção é definido a partir da Projecção de Gauss-krüger, com origem das coordenadas rectangulares no Ponto Central ( Latitude: 39º 40’ 00’’ N, Longitude: 08º 07’ 54’’,862 W). As coordenadas geográficas estão indicadas em intervalos de 1 minuto. Em sobrecarga azul está indicada a pseudoquadrícula decaquilométrica UTM-RE50. Na margem figuram indicações das divisões e subdivisões do sistema UTM. A impressão da carta é feita a 9 cores e encontra-se disponível em formato analógico e raster.

  • A carta de Portugal na escala 1:200 000 (série M585), é composta por oito folhas, que abarcam a totalidade do território de Portugal continental. Cada uma dessa folhas abrange uma área de 160 km x 160 km. Esta carta possui indicações administrativas e itenerárias, tendo sido iniciada em 1969. Nesta série figuram temas como a rede viária (rodoviária e ferroviária), a hidrografia, os limites administrativos, a toponímia e diversos. Este último contempla entidades como curvas de nível, edificado, aeroportos, linhas de alta tensão, entre outros. O sistema de referência é o Datum Lisboa e o sistema de projecção é definido a partir da Projecção de Gauss-krüger, com origem das coordenadas rectangulares no Ponto Central ( Latitude: 39º 40’ 00’’ N, Longitude: 08º 07’ 54’’,862 W). As coordenadas geográficas estão indicadas em intervalos de 1 minuto. Em sobrecarga azul está indicada a pseudoquadrícula decaquilométrica UTM-RE50. Na margem figuram indicações das divisões e subdivisões do sistema UTM. A impressão da carta é feita a 9 cores e encontra-se disponível em formato analógico e raster.

  • Digital archive of the analyzes of the surface charts of 00 UTC and 12 UTC, held in IM and IPMA Weather Forecast Center since October 2015. In the surface analysis charts, the isobars are filled up every 5 hPa, the high pressure centers (A) and the low pressure centers (B). Frontal surfaces, crest lines, valley lines, lines of instability and convergence are represented according to the standards established by the WMO. This compilation is in digital format (pdf) with a total of 1094 charts.

  • Map of the seasonal total precipitation, during the period 1971-2000, obtained by multivariate regression with altitude and distance to the coast, explanatory variables, and ordinary kriging of residues.

  • Clipboard 24/76-A representing the Topo-Hydrographic survey carried out by Instituto Hidrográfico in 1976 of the adjacent area to Funchal Airport (Santa Catarina)

  • The orthophotomaps at a scale of 1:5000 of Desertas Islands were made from a digital aerial survey with acquisition of digital photographs with a resolution of 30 cm. The flights were performed between July and September 2010 in three missions.

  • The orthophotomaps at a scale of 1:5000 of Selvagens Islands were made from an analog aerial survey performed in August 2006. In the 2009 Selvagens Islands campaign triangulation stations were used, coordinated by the Hydrographic Institute in WGS84, for GGPS, having been reduced to ITRF2005 (GRS80), by the Faculty of Sciences of the University of Lisbon. The calculation of estimated positions was carried out based on a global network of about 200 stations (mostly IGS).

  • Aerial photograph of Funchal (9917) found in the archives, however, the precise date could not be ascertained. It is thought that the production occurred in the first half of the 60s.