Catalog

36 record(s)

 

Type of resources

Available actions

INSPIRE themes

Provided by

Years

Formats

Representation types

Update frequencies

Status

Service types

Scale

Resolution

geoDescCode

cartografia

geographicCoverage

geographicCoverageDesc

inspirecore

referenceDateRange

denominatorRange

resolutionRange

dataPolicy

openServiceType

dataType

dataFormat

From 1 - 10 / 36
  • Este conjunto de dados contém uma série de cartas náuticas históricas entre o Cabo de S. Vicente e o Cabo de Sta. Maria. Estas cartas foram compiladas dos levantamentos hidrograficos realizados pelas missões hidrográficas e pelas brigadas hidrográficas do Instituto Hidrográfico.

  • Este conjunto de dados contém uma série de cartas náuticas históricas desde o Cabo da Roca até ao Cabo de Sines. Estas cartas foram compiladas dos levantamento hidrograficos realizados pelas missões hidrográficas e pelas brigadas hidrográficas do Instituto Hidrográfico.

  • Portugal Continental - Linhas de fecho e de base reta que suplementam a linha de base normal ; Limite exterior do mar territorial ; Limite exterior da zona contígua ; Limite exterior da zona económica exclusiva. Legislação: DR 1ª Série nº 124, Lei nº 33/77, maio de 1977 – Fixa a largura do mar territorial e estabelece uma Zona Económica de 200 milhas do Estado Português ; DR 1ª Série nº 125, Decreto-Lei nº 119/78, junho de 1978 – Zona Económica Exclusiva – Relação de coordenadas dos centros das circunferências e Relação de coordenadas de pontos de referência das delimitações (subárea 1 – Continente, subárea 2 – Madeira e subárea 3 – Açores) ; DR 1ª Série nº 275, Decreto-Lei nº 495/85, novembro de 1985 – Definição das linhas de fecho e de base reta por listas de coordenadas geográficas dos seus pontos extremos ; DR 1ª Série nº 49, fevereiro de 1986 – Retificação dos quadros anexos do DL nº 495/85 ; DR 1ª série nº 145, Lei nº 34/2006, julho de 2006 - Determina a extensão das zonas marítimas sob soberania ou jurisdição nacional e os poderes que o Estado Português nelas exerce, bem como os poderes exercidos no alto mar.

  • WCS criado com base numa camada de informação matricial gerada a partir de uma malha regular de profundidades, cobre toda a Zona Económica Exclusiva (ZEE) de Portugal com um espaçamento de 1/16 arcos de minuto (ca 115 metros). Modelo batimétrico foi extraído a partir do modelo produzido no âmbito do projeto EMODnet Bathymetry. Para mais informações sobre o projeto: https://www.emodnet-bathymetry.eu/

  • Previsão de variáveis dinâmicas oceanográficas obtidas pela corrida diária do modelo oceânico de circulação HYCOM (HYbrid Coordinate Ocean Model), com a resolução de 1', para as componentes U e V da corrente, da temperatura e salinidade superficiais e elevação da superficie livre do mar, numa área adjacente à região Iberica .

  • Diariamente são obtidas previsões para a altura significativa, direção e periodo da ondulação, com um passo temporal de 6 horas até máximo de 144 horas. O modelo usado é o WW III em que as previsões da agitação marítima são obtidas através de um sistema de modelos encaixados, recebendo condições fronteira do modelo WaveWatch III global e forçamento atmosférico do ECMWF fornecido pelo IPMA.

  • WMS criado com a localização dos radares HF que constituem a Rede de radares costeiros

  • WMS criado a partir de um CDG relativos aos Esquemas de Separação de Tráfego (EST) para segurança da navegação ao longo da costa Portuguesa, respectivamente o EST do Cabo da Roca e o EST do Cabo de São Vicente . Inclui ar Área A Evitar (AAE) das Berlengas.

  • A rede de radares costeiros de alta frequência permite monitorizar o campo vectorial das correntes superficiais. O sistema de observação está distríbuido por duas zonas: a da área adjacente ao Porto de Lisboa e a da área que se estende do Estreito de Gibraltar até ao Cabo de São Vicente. A área adjacente ao Porto de Lisboa é composta por duas estações: uma no cabo Espichel ( 38,4155º N e 9,2167º W) e outra no Forte de São Julião (38,6745º N e 9,3264ºW) A área do Sul é constítuida por quatro antenas radiais: Farol de Sagres (36,9945º N e 8,9492º W), Farol de Alfanzina (37,0868º N e 8,4425ºW), Monte Gordo - terraço do Hotel Dunamar ( 37,1788º N e 7,4439ºW) e a estação de Huelva - Mazagon (37,1316º N e 6,8329ºW) em Espanha. Obtêm-se medições horárias, numa malha ortogonal, onde o alcance máximo das radiais é de aproximadamente 75 Km, com uma resolução espacial de 1,3 Km.

  • Imagens das cartas náuticas do Instituto Hidrográfico.