referenceDateRange

03_2005_lower

4202 record(s)

 

Type of resources

Available actions

INSPIRE themes

Provided by

Years

Formats

Representation types

Update frequencies

Status

Service types

Scale

Resolution

geoDescCode

cartografia

geographicCoverage

geographicCoverageDesc

inspirecore

referenceDateRange

denominatorRange

resolutionRange

dataPolicy

openServiceType

dataType

dataFormat

From 1 - 10 / 4202
  • Surveys of 20 bathymetric profiles along the Porto Santo bay were made, distanced 500 meters from depth of -10 meters to the shoreline, and its orientation as perpendicular as possible to the bathymetry.

  • Assim, a carta do Índice de Aridez, dita pelo método de Penman como à frente se explicita, foi desenvolvida em trabalho conjunto do Instituto de Meteorologia e do Instituto Nacional da Água, tendo como base o cruzamento dos valores das períodos 2000-2010.

  • Cartas de Capacidade de Uso do Solo, obtidas por restituição de reconhecimento em fotografia aérea 1:25 000 não colorido a partir da conversão analógico/digital das -Cartas complementares (esboços, elaboradas pelo SROA/CNROA/IEADR/IDRHA/DGADR na escala 1:25 000)

  • Cartografia topográfica em formato vectorial à escala 1:10 000 do continente. Para a elaboração desta série foram construidos dois modelos, o Modelo Numérico Topográfico (MNT) que é fundamentalmente vocacionado para utilizadores que pretendam construir um SIG. Deste modelo é derivado o Modelo Numérico Cartográfico (MNC) por aplicação das convenções cartográficas. O Modelo Numérico Altimétrico é um subconjunto do MNT para a informação altimétrica contendo informação do relevo, materializada pela rede de triângulos (TIN), ou em grelha no modo ASCII. A informação associada ao MNT encontra-se multicodificada e estruturada segundo os domínios seguintes: rede geodésica, limites, relevo, altimetria (2D e 3D), construções, estruturas de transporte e abastecimento, áreas de lazer e recreio, vias de comunicação, áreas agricolas e florestais, hidrografia (2D e 3D), áreas diversas e áreas industriais. A codificação é feita através de códigos de 8 digitos identificando domínio, sub-domínio, Familia e Objecto, que definem cada tipo de elemento univocamente no catálogo de objectos. Esta folha abrange uma zona do concelho de Lourinhã.

  • Cartografia topográfica em formato vectorial à escala 1:10 000 do continente. Para a elaboração desta série foram construidos dois modelos, o Modelo Numérico Topográfico (MNT) que é fundamentalmente vocacionado para utilizadores que pretendam construir um SIG. Deste modelo é derivado o Modelo Numérico Cartográfico (MNC) por aplicação das convenções cartográficas. O Modelo Numérico Altimétrico é um subconjunto do MNT para a informação altimétrica contendo informação do relevo, materializada pela rede de triângulos (TIN), ou em grelha no modo ASCII. A informação associada ao MNT encontra-se multicodificada e estruturada segundo os domínios seguintes: rede geodésica, limites, relevo, altimetria (2D e 3D), construções, estruturas de transporte e abastecimento, áreas de lazer e recreio, vias de comunicação, áreas agricolas e florestais, hidrografia (2D e 3D), áreas diversas e áreas industriais. A codificação é feita através de códigos de 8 digitos identificando domínio, sub-domínio, Familia e Objecto, que definem cada tipo de elemento univocamente no catálogo de objectos.

  • Cartografia topográfica em formato vectorial à escala 1:10 000 do continente. Para a elaboração desta série foram construidos dois modelos, o Modelo Numérico Topográfico (MNT) que é fundamentalmente vocacionado para utilizadores que pretendam construir um SIG. Deste modelo é derivado o Modelo Numérico Cartográfico (MNC) por aplicação das convenções cartográficas. O Modelo Numérico Altimétrico é um subconjunto do MNT para a informação altimétrica contendo informação do relevo, materializada pela rede de triângulos (TIN), ou em grelha no modo ASCII. A informação associada ao MNT encontra-se multicodificada e estruturada segundo os domínios seguintes: rede geodésica, limites, relevo, altimetria (2D e 3D), construções, estruturas de transporte e abastecimento, áreas de lazer e recreio, vias de comunicação, áreas agricolas e florestais, hidrografia (2D e 3D), áreas diversas e áreas industriais. A codificação é feita através de códigos de 8 digitos identificando domínio, sub-domínio, Familia e Objecto, que definem cada tipo de elemento univocamente no catálogo de objectos.

  • Cartografia topográfica em formato vectorial à escala 1:10 000 do continente.Para a elaboração desta série foram construidos dois modelos, o Modelo Numérico Topográfico (MNT) que é fundamentalmente vocacionado para utilizadores que pretendam construir um SIG. Deste modelo é derivado o Modelo Numérico Cartográfico (MNC) por aplicação das convenções cartográficas. O Modelo Numérico Altimétrico é um subconjunto do MNT para a informação altimétrica contendo informação do relevo, materializada pela rede de triângulos (TIN), ou em grelha no modo ASCII. A informação associada ao MNT encontra-se multicodificada e estruturada segundo os domínios seguintes: rede geodésica, limites, relevo, altimetria (2D e 3D), construções, estruturas de transporte e abastecimento, áreas de lazer e recreio, vias de comunicação, áreas agricolas e florestais, hidrografia (2D e 3D), áreas diversas e áreas industriais. A codificação é feita através de códigos de 8 digitos identificando domínio, sub-domínio, Familia e Objecto, que definem cada tipo de elemento univocamente no catálogo de objectos. Esta folha abrange zonas dos concelhos de Águeda e Albergaria-a-Velha.

  • Cartografia topográfica em formato vectorial à escala 1:10 000 do continente.Para a elaboração desta série foram construidos dois modelos, o Modelo Numérico Topográfico (MNT) que é fundamentalmente vocacionado para utilizadores que pretendam construir um SIG. Deste modelo é derivado o Modelo Numérico Cartográfico (MNC) por aplicação das convenções cartográficas. O Modelo Numérico Altimétrico é um subconjunto do MNT para a informação altimétrica contendo informação do relevo, materializada pela rede de triângulos (TIN), ou em grelha no modo ASCII. A informação associada ao MNT encontra-se multicodificada e estruturada segundo os domínios seguintes: rede geodésica, limites, relevo, altimetria (2D e 3D), construções, estruturas de transporte e abastecimento, áreas de lazer e recreio, vias de comunicação, áreas agricolas e florestais, hidrografia (2D e 3D), áreas diversas e áreas industriais. A codificação é feita através de códigos de 8 digitos identificando domínio, sub-domínio, Familia e Objecto, que definem cada tipo de elemento univocamente no catálogo de objectos.

  • Cartografia topográfica em formato vectorial à escala 1:10 000 do continente.Para a elaboração desta série foram construidos dois modelos, o Modelo Numérico Topográfico (MNT) que é fundamentalmente vocacionado para utilizadores que pretendam construir um SIG. Deste modelo é derivado o Modelo Numérico Cartográfico (MNC) por aplicação das convenções cartográficas. O Modelo Numérico Altimétrico é um subconjunto do MNT para a informação altimétrica contendo informação do relevo, materializada pela rede de triângulos (TIN), ou em grelha no modo ASCII. A informação associada ao MNT encontra-se multicodificada e estruturada segundo os domínios seguintes: rede geodésica, limites, relevo, altimetria (2D e 3D), construções, estruturas de transporte e abastecimento, áreas de lazer e recreio, vias de comunicação, áreas agricolas e florestais, hidrografia (2D e 3D), áreas diversas e áreas industriais. A codificação é feita através de códigos de 8 digitos identificando domínio, sub-domínio, Familia e Objecto, que definem cada tipo de elemento univocamente no catálogo de objectos.

  • Cartografia topográfica em formato vectorial à escala 1:10 000 do continente. Para a elaboração desta série foram construidos dois modelos, o Modelo Numérico Topográfico (MNT) que é fundamentalmente vocacionado para utilizadores que pretendam construir um SIG. Deste modelo é derivado o Modelo Numérico Cartográfico (MNC) por aplicação das convenções cartográficas. O Modelo Numérico Altimétrico é um subconjunto do MNT para a informação altimétrica contendo informação do relevo, materializada pela rede de triângulos (TIN), ou em grelha no modo ASCII. A informação associada ao MNT encontra-se multicodificada e estruturada segundo os domínios seguintes: rede geodésica, limites, relevo, altimetria (2D e 3D), construções, estruturas de transporte e abastecimento, áreas de lazer e recreio, vias de comunicação, áreas agricolas e florestais, hidrografia (2D e 3D), áreas diversas e áreas industriais. A codificação é feita através de códigos de 8 digitos identificando domínio, sub-domínio, Familia e Objecto, que definem cada tipo de elemento univocamente no catálogo de objectos.