geoDescCode

PT2

323 record(s)

 

Type of resources

Available actions

INSPIRE themes

Provided by

Years

Formats

Representation types

Update frequencies

Status

Service types

Scale

Resolution

geoDescCode

cartografia

geographicCoverage

geographicCoverageDesc

inspirecore

referenceDateRange

denominatorRange

resolutionRange

dataPolicy

openServiceType

dataType

dataFormat

From 1 - 10 / 323
  • Serviço de Visualização (WMS) de Cartografia Vectorial à escala 1:5000 do Município de Nordeste, cedida pela Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores ao Município de Nordeste.

  • Serviço de Visualização (WMS) associado à representação geográfica dos endereços do Concelho de Nordeste, com referência aos números de polícia, arruamentos, códigos postais e freguesias associadas. Informação Geográfica produzida pela equipa técnica da Câmara Municipal de Nordeste.

  • Serviço de Visualização (WMS) daPlanta do Edificado Não Visitado do Plano de Pormenor da Salga, concelho de Nordeste, publicado através do Aviso n.º 14237/2009, de 11 de Agosto.

  • Inclui-se na série M889 alguma informação relativa à Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP). Esta é uma carta administrativa que regista o estado da delimitação e demarcação das circunscrições administrativas do território nacional. A responsabilidade da sua execução é do Instituto Geográfico Português (por Despacho Conjunto nº 542/99, de 31/05/1999, publicado no D.R. nº156 de 07/07/1999).

  • A série M783, sendo obtida por generalização cartográfica da série M888, mantém as suas principais características. A informação relativa ao edificado inclui a tipificação da sua utilização (fins habitacionais, comerciais, segurança, educação, governamental, militar, religioso, recreativo, justiça, etc.) e ainda informação cadastral considerada de interesse militar.

  • Tal como a sua equivalente continental, esta Série Cartográfica é a única que com a escala 1/25 000 cobre completamente o arquipélago dos Açores. É constituída por um total de 35 folhas, sendo que as cartas 34 e 36 constituem uma única folha.

  • A série M889, compreende um total de 36 folhas sendo uma carta abundante em informação hidrográfica. Razão pela qual tem sido até hoje utilizada como base para inúmeros projectos quer de natureza nacional ou regional quer de natureza privada ou pública. A informação relativa à rede hidrográfica incluí todas as massas de água, cursos, linhas ou pontos de água e áreas que são incorporadas nesta classificação (p.e. represa, barragem, rio, linha de água, terreno cobre descobre, etc.)

  • A série M889, é a única cobertura completa do território insular na escala 1:25 000. Compreende um total de 52 folhas sendo uma carta particularmente rica em informação desta natureza. Razão pela qual tem sido até hoje utilizada como base para inúmeros projectos de natureza nacional e regional. A informação relativa à rede de transportes incluí as redes rodoviária e ferroviária, podendo incluir também, a pedido do cliente, as entidades com elas relacionadas (p.e. Construções e afins) e ainda informação cadastral diversa (p.e. Sentido do tráfego, obstáculos ao movimento, dimensões, capacidade e traficabilidade das vias, etc.). Garantindo as ligações entre as redes e nas próprias redes (integridade) possibilita-se deste modo a utilização de variadas aplicações e ferramentas (análise de redes, sistemas de navegação, etc.).

  • O reportório toponímico, da série M889, encontra-se disponível ao público estruturado em ficheiros 2D. Esta informação está directamente relacionada com a denominação das entidades geográficas representadas, o canto inferior esquerdo da caixa dos topónimos indica a localização da entidade geográfica, ou no caso dos vértices geodésicos o ponto central inferior da referida caixa. Apesar da escala, este reportório, é extremamente rico em informação constituindo-se num valor acrescentado sem igual para qualquer projecto.

  • Toda a actividade exercida pelo IGeoE é decorrente da missão que lhe está superiormente atribuída. A Nato na prossecução de objectivos comuns, não só no âmbito militar mas também noutras áreas, ao dispôr de um vasto suporte científico e tecnológico dado pelos países que a integram, reconhece as vantagens da adopção de um sistema de georeferenciação único. Foram então dadas indicações aos países membros através da directiva AD-80 (Allied Command Europe Directive 80) para se passar a utilizar o sistema de georeferenciação WGS84, sugerindo adicionalmente a criação de programas de conversão para toda a cartografia existente.