dataPolicy

dataPolicy_undefined

12015 record(s)

 

Type of resources

Available actions

INSPIRE themes

Provided by

Years

Formats

Representation types

Update frequencies

Status

Service types

Scale

Resolution

geoDescCode

cartografia

geographicCoverage

geographicCoverageDesc

inspirecore

referenceDateRange

denominatorRange

resolutionRange

dataPolicy

openServiceType

dataType

dataFormat

From 1 - 10 / 12015
  • The Geological Survey conducted on the south coast of the island of Porto Santo, aimed at the characterization of underwater morphology and sedimentary cover between the coastline and 100 meters deep. This project is the result of an agreement made between the Hydrographic Institute and the Regional Government of Madeira.

  • Surveys of 20 bathymetric profiles along the Porto Santo bay were made, distanced 500 meters from depth of -10 meters to the shoreline, and its orientation as perpendicular as possible to the bathymetry.

  • The orthophotomaps at a scale of 1:5000 of Madeira Islands were made from a digital aerial survey with acquisition of digital photographs with a resolution of 30 cm. The flights were performed between July and September 2010 in three missions.

  • The multidisciplinary study carried out on the south coast of Madeira Island between Cabo Girão and the Ponta de S. Lourenço, aimed at the study of sediment dynamics between the coastline and 100 m depth. This project is the result of an agreement made between the Hydrographic Institute and the Regional Government of Madeira.

  • The project focused on Porto Santo Beach and contemplated topographic surveys carried out using the Trimble 5700 GPS RTK (with planimetric accuracy of 1 cm and altimetry precision of 2 cm) and hydrographic surveys carried out using the Trimble 5700 GPS RTK, Raytheon DE719D echosounder and Knudsen 320 M/P echosounder with centimeter accuracy. The fieldwork processed in three distinct phases: July 2006, January 2007 and July 2007.

  • The orthophotomaps at a scale of 1:5000 of Desertas Islands were made from a digital aerial survey with acquisition of digital photographs with a resolution of 30 cm. The flights were performed between July and September 2010 in three missions.

  • Corresponde aos limites das áreas beneficiadas dos Aproveitamentos Hidroagrícolas em exploração e em projecto.

  • Cartas de Capacidade de Uso do Solo, obtidas por restituição de reconhecimento em fotografia aérea 1:25 000 não colorido a partir da conversão analógico/digital das -Cartas complementares (esboços, elaboradas pelo SROA/CNROA/IEADR/IDRHA/DGADR na escala 1:25 000)

  • Cartografia topográfica em formato vectorial à escala 1:10 000 do continente. Para a elaboração desta série foram construidos dois modelos, o Modelo Numérico Topográfico (MNT) que é fundamentalmente vocacionado para utilizadores que pretendam construir um SIG. Deste modelo é derivado o Modelo Numérico Cartográfico (MNC) por aplicação das convenções cartográficas. O Modelo Numérico Altimétrico é um subconjunto do MNT para a informação altimétrica contendo informação do relevo, materializada pela rede de triângulos (TIN), ou em grelha no modo ASCII. A informação associada ao MNT encontra-se multicodificada e estruturada segundo os domínios seguintes: rede geodésica, limites, relevo, altimetria (2D e 3D), construções, estruturas de transporte e abastecimento, áreas de lazer e recreio, vias de comunicação, áreas agricolas e florestais, hidrografia (2D e 3D), áreas diversas e áreas industriais. A codificação é feita através de códigos de 8 digitos identificando domínio, sub-domínio, Familia e Objecto, que definem cada tipo de elemento univocamente no catálogo de objectos. Esta folha abrange uma zona do concelho de Lourinhã.

  • Cartografia topográfica em formato vectorial à escala 1:10 000 do continente. Para a elaboração desta série foram construidos dois modelos, o Modelo Numérico Topográfico (MNT) que é fundamentalmente vocacionado para utilizadores que pretendam construir um SIG. Deste modelo é derivado o Modelo Numérico Cartográfico (MNC) por aplicação das convenções cartográficas. O Modelo Numérico Altimétrico é um subconjunto do MNT para a informação altimétrica contendo informação do relevo, materializada pela rede de triângulos (TIN), ou em grelha no modo ASCII. A informação associada ao MNT encontra-se multicodificada e estruturada segundo os domínios seguintes: rede geodésica, limites, relevo, altimetria (2D e 3D), construções, estruturas de transporte e abastecimento, áreas de lazer e recreio, vias de comunicação, áreas agricolas e florestais, hidrografia (2D e 3D), áreas diversas e áreas industriais. A codificação é feita através de códigos de 8 digitos identificando domínio, sub-domínio, Familia e Objecto, que definem cada tipo de elemento univocamente no catálogo de objectos.