Format

PDF

75 record(s)

 

Type of resources

Available actions

INSPIRE themes

Provided by

Years

Formats

Representation types

Update frequencies

Status

Scale

Resolution

geoDescCode

cartografia

geographicCoverage

geographicCoverageDesc

inspirecore

referenceDateRange

denominatorRange

resolutionRange

dataPolicy

openServiceType

dataType

dataFormat

From 1 - 10 / 75
  • A Carta do Campo Magnético Reduzido ao Pólo da Região de Neves-Corvo, à escala 1:50 000, foi produzida pelo Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), no âmbito do projeto EXPLORA: Definição de novos vetores de conhecimento geológico, geofísico e geoquímico para a região setentrional de Neves-Corvo, financiado pelo programa Alentejo2020. Compõem este mapa a Carta da Intensidade do Campo Magnético Subtraído do IGRF*, Carta da Primeira Derivada Vertical do Campo Magnético Subtraído do IGRF, Carta do Sinal Analítico do Campo Magnético Subtraído do IGRF e mapa de localização das leituras realizadas durante os voos aeromagnéticos. No primeiro mapa são indicados os contornos dos limites geológicos e falhas referenciadas na Carta Geológica e Mineira de Neves-Corvo, Projeto EXPLORA. No documento são também indicados dados de suscetibilidade magnética. O mapa principal reflete o comportamento do campo magnético na região de Neves-Corvo, sendo uma ferramenta útil em prospeção mineral através da indicação de eixos vulcânicos e exalitos com minerais magnéticos.

  • A Carta Gravimétrica da Anomalia Residual da Região de Neves-Corvo, à escala 1:50 000, foi produzida pelo Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), no âmbito do projeto EXPLORA: Definição de novos vetores de conhecimento geológico, geofísico e geoquímico para a região setentrional de Neves-Corvo, financiado pelo programa Alentejo2020. Esta carta reflete o comportamento do campo gravítico na região de Neves-Corvo expresso através de mapas da Anomalia Residual e da Anomalia de Bouguer. Esta cartografia é importante para o reconhecimento de mineralizações de sulfuretos maciços e stockwork e identificação de estruturas tectónicas como falhas de desligamento e de cavalgamento. No documento são ainda indicadas a tipologia dos levantamentos gravimétricos terrestres, dados de densidade de rochas e minérios (informação LNEG e Somincor-Lundin Mining) e a Carta Geológica e Mineira de Neves-Corvo com sobreposição das isoanómalas da Anomalia Gravimétrica Residual.

  • A Carta Radiométrica da Região de Neves-Corvo, à escala 1:50 000, foi produzida pelo Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), no âmbito do projeto EXPLORA: Definição de novos vetores de conhecimento geológico, geofísico e geoquímico para a região setentrional de Neves-Corvo, financiado pelo programa Alentejo2020. O mapa foi feito a partir do processamento de dados de aeroradiometria (canais K, Th, U e Contagem Total) existentes no LNEG, compilados a partir da Carta Radiométrica da Zona Sul Portuguesa (Batista et al., 2016). O mapa inclui Composição Aster, modelo 3D da mesma e pormenores sobre anomalias selecionadas.

  • A Carta de Declives foi elaborada com base na altimetria do concelho datada de 2001, com o apoio da ferramenta "3D Analyst" do ArcView. Esta Carta tem como objectivo a visualização dos declives do Município de Vale de Cambra.

  • A Carta Gravimétrica da Zona Sul Portuguesa, à escala 1:400 000, foi produzida pelo Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), com base num total de ~388 000 estações adquiridas em várias campanhas de exploração levadas a cabo desde a década de 1960. A distância entre ponto variou entre 50 m e 500 m, tendo os valores sido interpolados para uma malha regular de 400 m. A correção de Bouguer foi calculada considerando uma densidade de 2.6 g/cm3.

  • A Carta das Encostas foi elaborada com base na altimetria do concelho. Esta Carta tem como objectivo a visualização das orientações das encostas do Município de Vale de Cambra.

  • Localização do NDB (Non directional beacon) do Pico - Equipamento de rádio-navegação aérea - SATA Gestão de Aerodromos

  • Circuitos de manutenção da cidade de Portalegre construídos com base na cartografia de referência à escala 1:2000 da Câmara Municipal de Portalegre, elaborada em 2006 e homologada em 2008, com indicação expressa das direções a percorrer, dos obstáculos a ultrapassar e resorivas descrições

  • Digital archive of the analyzes of the surface charts of 00 UTC and 12 UTC, held in IM and IPMA Weather Forecast Center since October 2015. In the surface analysis charts, the isobars are filled up every 5 hPa, the high pressure centers (A) and the low pressure centers (B). Frontal surfaces, crest lines, valley lines, lines of instability and convergence are represented according to the standards established by the WMO. This compilation is in digital format (pdf) with a total of 1094 charts.

  • A Carta Radiométrica (Contagem Total) da Zona Sul Portuguesa, à escala 1:400 000, foi produzida pelo Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), a partir do processamento de dados de aeroradiometria (canais K, Th, U e Contagem Total) existentes no LNEG.