Format

Shapefile

226 record(s)

 

Type of resources

Available actions

INSPIRE themes

Provided by

Years

Formats

Representation types

Update frequencies

Status

Service types

Scale

Resolution

geoDescCode

cartografia

geographicCoverage

geographicCoverageDesc

inspirecore

referenceDateRange

denominatorRange

resolutionRange

dataPolicy

openServiceType

dataType

dataFormat

From 1 - 10 / 226
  • Plano Diretor Municipal do Corvo. Constituído por 3 Plantas (Ordenamento, Condicionantes 1 e Condicionantes 2). Cartografia de referência da série M889. As plantas identificam o modelo de estrutura espacial do território municipal.

  • O Plano de Pormenor da Rua das Flores abrange a área assinalada na planta de zonamento e que é delimitada a norte pela Rua do Dr. Domingos de Almeida Brandão, a sul com a Rua Gabriel Pinho da Cruz, a nascente com a Rua das Flores e a poente com a Rua do Fundo da Gandra. Constituem objectivos do Plano de Pormenor da Rua das Flores: a) O ordenamento e a consolidação do espaço urbano central; b) O redesenho dos perfis transversais das estruturas espaciais envolventes; c) Integrar o Santuário na área envolvente.

  • A operação de loteamento do Rossio – 5ª fase, elaborada no âmbito do D.L. nº 555/99, de 16 de Dezembro, alterado pelo D.L. nº 177/2001, de 4 de Junho. Loteamento Inscrito na Conservatória do Registo Predial de Vale de Cambra n.º 4563/20120803. Tem como finalidade, disciplinar a ocupação e uso do solo da área de intervenção e define com detalhe a forma e ordenamento do espaço público e privado e as regras de gestão urbanística a aplicar. A área de intervenção insere-se de acordo com o PDM em solo urbano de indústria e armazéns, tipo A – zonas industriais. Credito: Câmara Municipal de Vale de Cambra, J.P.M - Automação e Equipamentos Industriais, S.A, A. Barbosa e Almeida, Lda, Polisport - Imobiliária, Lda

  • Serviço de descarregamento do património arqueológico de Portugal Continental inventariado no sistema de informação Endovélico / DGPC

  • Serviço de visualização do património arqueológico de Portugal Continental inventariado no sistema de informação Endovélico / DGPC

  • Carta de Património é constituida pela caracterização do Património Construído, Arqueológico, Classificado e Ambiental. Esta carta visa salvaguardar e valorizar o Património do Município de Vale de Cambra

  • O Plano Director Municipal (PDM) de Vale de Cambra, elaborado no âmbito do Decreto -Lei n.º 380/1999 de 22 de Setembro, alterado pelo Decreto-Lei n.º 310/2003 de 10 de Dezembro, abrange toda a área do Município, delimitada nas plantas que conjuntamente com o presente regulamento, constituem o PDM.

  • Os acidentes topográficos da Cartografia vectorial à escala 1:10 000 para o Concelho de Aveiro, disponibilizam informação de Dunas, Areias, Limite Superior De Escarpado (Natural ou Artificial), Limite Inferior De Escarpado (Natural ou Artificial), Aterro/Desaterro e Socalco . A codificação dos elementos é feita através de código de 8 dígitos identificador do domínio, subdomínio, família e objecto do Catálogo de Objectos da cartografia à escala 1:10 000. Não é adequado para cadastro.

  • O Loteamento Industrial insere-se de acordo com o Plano de Pormenor da Zona Industrial da Calvela em área urbanizada de indústria e armazéns. Tem como finalidade. disciplinar a ocupação e uso do solo da área abrangida pela operação de loteamento da Calvela, em Vale de Cambra, inserido, no Plano de Pormenor da Zona Industrial da Calvela.

  • O Loteamento Industrial insere-se de acordo com o Plano de Pormenor da Zona Industrial da Calvela em área urbanizada de indústria e armazéns. Tem como finalidade, disciplinar a ocupação e uso do solo da área abrangida pela operação de loteamento da Calvela, em Vale de Cambra, inserido, no Plano de Pormenor da Zona Industrial da Calvela.