From 1 - 10 / 13
  • Geological Map of Portugal, scale 1:1 000 000, LNEG, 2010 modified to be INSPIRE compliant. Layers depicting Geological Units classified according to representative ages and lithologies from INSPIRE vocabularies, Faults and Geomorphologic Features are available. This dataset was formerly prepared in the framework of the OneGeology-Europe project and is harmonised according to Geology INSPIRE data specifications.

  • The geological map of Spain and Portugal at 1:1 000 000 scale is a renewed version of the geological map of the Iberian Peninsula and the territories of Ceuta, Melilla and the Balearic, Canaries, Azores and Madeira islands. This small-scale map is edited jointly periodically by the Geological surveys of Spain (IGME) and Portugal (LNEG). This new version includes for the first time the geological information of the Spanish and Portuguese continental shelves and also the geology of the Atlantic Portuguese islands. This map records all the new geological knowledge provided by the complete survey at 1:50 000 scale in Spain (IGME’s MAGNA Plan) and the systematic geological mapping series developed in Portugal by the LNEG. The continental portion of the map was compiled starting from original drafts at 1:400 000 scale made for every main geological unit: Iberian Variscan Massif, Pyrenees, Betics, Cantabrian and Iberian cordilleras and the Duero, Ebro and Tajo Cenozoic basins for the territory of Spain and the geological maps at 1:200 000 scale in Portugal.

  • Carta aeronáutica do arquipélago dos Açores, abrangendo a área da TMA de Santa Maria.

  • Nomes geográficos do relevo submarino - Portugal Continental e Arquipélago dos Açores

  • A Carta Neotectónica de Portugal Continental à escala 1:1 000 000 constitui uma edição conjunta dos Serviços Geológicos de Portugal (SGP), da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) e do Gabinete de Proteção e Segurança Nuclear, cuja principal característica é a representação das principais estruturas geológicas ativas que afetam o território de Portugal Continental.

  • Redes de transporte e rede hidrográfica em formato vetorial à escala 1:1 000 000 de Portugal Continental e das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira. Os principais objetos do tema Redes de Transporte são a rede ferroviária, a rede viária, os aeroportos e os transportes marítimos. Os principais objetos do tema Rede Hidrográfica são a linha de costa, os cursos de água (naturais ou artificiais), as valas, as lagoas, as albufeiras e as principais barragens. Informação adicional e descarregamento de dados disponível em https://eurogeographics.org/products-and-services/open-data/topographic-data/

  • A Carta Geológica de Portugal à escala 1:1 000 000, editada pelo LNEG em 2010, constitui o documento síntese do conhecimento actual sobre a geologia de Portugal Continental e de todo o território insular: Ilhas dos Arquipélagos dos Açores e da Madeira. Este mapa inclui pela primeira vez a cartografia geológica da área imersa da plataforma continental de Portugal Continental que reúne a informação gerada em mais de 30 anos de investigação em geologia marinha. O mapa é constituído por: Carta Geológica de Portugal Continental, Carta Geológica da Região Imersa de Portugal, Carta Geológica do Arquipélago dos Açores, Carta Geológica do Arquipélago da Madeira (escala 1:1 000 000), Esquema Neotectónico de Portugal Continental com Hipsometria à escala 1:4 000 000, Esquema Tectono-Estratigráfico de Portugal Continental à escala 1:5 000 000 e Mapa de localização à escala 1:20 000 000.

  • Avalia a relação dos valores da precipitação (P) com os da evapotranspiração potencial (ETP) para cada local entre os anos 1971 e 2000. A classe das “Áreas Secas” definida por este índice inclui as subunidades: Sub-húmido Seco (P/ETP entre 50% e 65%), Semi-árido (20 -50%) e Árido (5 -20%), sendo que apenas as duas primeiras ocorrem regularmente em Portugal.

  • Avalia a relação dos valores da precipitação (P) com os da evapotranspiração potencial (ETP) para cada local entre os anos 1981 e 2010. A classe das “Áreas Secas” definida por este índice inclui as subunidades: Sub-húmido Seco (P/ETP entre 50% e 65%), Semi-árido (20 -50%) e Árido (5 -20%), sendo que apenas as duas primeiras ocorrem regularmente em Portugal.

  • Representa um índice que faz a avaliação da extensão e da intensidade da perda de funções ecológicas e da degradação das terras, incluindo o solo.