From 1 - 7 / 7
  • Modelo Digital de Terreno do Município de Seia executado a partir de uma cobertura aerofotogramétrica com resolução espacial de 10 cm (GSD). Esta cobertura foi efetuada no ano 2014 com a utilização da câmara aérea digital DMC129, com Distância Focal de 120 mm. Este Modelo Digital do Terreno é composto por 509 unidades com dimensão 1 km x 1km, com resolução espacial de 2 m. Esta informação encontra-se no Sistema de Referência PT-TM06/ETRS89 e a referência vertical é o Datum Altimétrico de Cascais Helmert 38 e o modelo de geóide aplicado é o GeodPT08.

  • Modelo Digital de Terreno do Município de Loulé com espaçamento de 2 m entre pontos, executado a partir de uma cobertura aerofotogramétrica com resolução espacial de 10 cm (GSD). Esta cobertura foi efetuada no ano 2011 com a utilização de câmaras aéreas digitais Vexcel Ultracam X e DMC129 com distâncias focais de 100 mm e 120 mm respetivamente. Esta informação encontra-se no Sistema de Referência PT-TM06 e a referência vertical é o Datum Altimétrico de Cascais Helmert 38 e o modelo do geóide é o GeodPT08.

  • Modelo Digital do Terreno do Município de Oliveira do Hospital executado a partir de uma cobertura aerofotogramétrica com resolução espacial de 10 cm (GSD). Resolução espectral 4 bandas (RGB e NIR) e resolução radiométrica de 16 bits. A cobertura aerofotogramétrica foi efectuada no ano 2011 com a utilização da câmara aérea digital DMC 129, com distância focal de 120 mm. Esta informação encontra-se no sistema de referência PT-TM06/ETRS89 e a referência vertical é o Datum Altimétrico de Cascais Helmert 38 e o modelo de geóide aplicado é o GeodPT08.

  • Modelo Digital do Terreno numa faixa de 600 m no mar e 400 m em terra, das zonas costeiras de Portugal Continental com resolução de 2 m, obtido a partir de um levantamento com tecnologia LiDAR durante o ano de 2011. Esta informação encontra-se no Sistema de Referência PT-TM06/ETRS89 e a referência vertical é o Datum Altimétrico de Cascais Helmert 38. Este projecto decorreu de uma parceria entre o Instituto Geográfico Português (IGP), atual Direção-Geral do Território (DGT) e o Instituto da Água, I. P. (INAG), atual Agência Portuguesa do Ambiente (APA), com o apoio do Programa Operacional de Valorização do Território (POVT), no âmbito do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN).

  • Modelo Digital do Terreno do Município de Paredes executado a partir de uma cobertura aerofotogramétrica com resolução espacial de 10 cm (GSD). Resolução espectral 4 bandas (RGB e NIR) e resolução radiométrica de 16 bits. Este Modelo Digital do Terreno é composto por 204 ficheiros de 1 km x 1 km, sobreposição, nas direcções E-O e N-S, respetivamente.

  • Modelo Digital de Terreno do Município de Penafiel com um espaçamento de 2 metros entre pontos, obtido a partir da altimetria. Este Modelo Digital do Terreno compreende uma divisão em 265 ficheiros de 1 km x 1 km, sem sobreposição, nas direções E-O e N-S, respetivamente.

  • Modelo Digital do Terreno (MDT) das zonas costeiras de Portugal Continental com resolução de 2 m, obtida por correlação de pares estereoscópicos da fotografia aérea digital com resolução espacial de 10 cm (GSD). O voo foi efectuado com câmara fotogramétrica digital no ano de 2008. Esta informação encontra-se no Sistema de Referência PT-TM06/ETRS89 e a referência vertical é o Datum Altimétrico de Cascais Helmert 38. A aquisição deste MDT foi feita através do Concurso Público n.º 02/2009 do IGP (Direção-Geral do Território (DGT)) que decorreu no âmbito de uma parceria entre o IGP e o INAG (Instituto da Água, I. P.), com o apoio do Programa Operacional de Valorização do Território (POVT), no âmbito do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN).