From 1 - 5 / 5
  • Distribuição dos Habitats protegidos pela Diretiva Habitats para o arquipélago dos Açores. Informação obtida através dos trabalhos desenvolvidos no âmbito do Relatório Nacional de Implementação da Diretiva Habitats (2001-2006). Dados da responsabilidade da Direção Regional do Ambiente/Governo dos Açores em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade.

  • Distribuição das espécies protegidas pela Diretiva Habitats para o arquipélago dos Açores. Informação obtida através dos trabalhos desenvolvidos no âmbito do Relatório Nacional de Implementação da Diretiva Habitats (2001-2006). Dados da responsabilidade da Direção Regional do Ambiente/Governo dos Açores em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade.

  • Cartografia topográfica em formato vectorial à escala 1:1 000 do concelho de Odivelas

  • O mapa do potencial eólico onshore de Portugal Continental é constituido pelo mapeamento das principais grandezas eólicas para duas alturas de referência, nomeadamente, 80m e 20m. As grandezas mapeadas dizem respeito à velocidade média do vento (m/s), Fluxo de potência incidente de vento (W/m2), Factor de Escala de Weibull (m/s), Factor de Forma de Weibull (adimensional) e mapa do número de horas anuais equivalentes à potência nominal (NEPs) de uma turbina de referência padrão.

  • O mapa do potencial energético das energias marinhas de Portugal Continental é constituído pelo mapeamento das principais grandezas eólicas e ondas para as alturas de referência de 100m - Eólica e à superfície – caso das ondas. As grandezas mapeadas na vertente eólica, elaboradas com modelos atmosféricos de mesoescala, capazes de descrever as principais fenomenologias de vento junto da costa portuguesa, correspondem à velocidade média do vento [m/s], fluxo de potência Incidente do vento [W/m2] e mapas do número anual de horas anuais equivalentes à potência nominal - NEPS de uma turbina de referência padrão bem como mapas NEPS [h/ano] específicos para sistemas fixos – “Jacket” e “Monopile” ou Flutuantes – WindFloat. OS mapas Eólicos produzidos representam a climatologia do vento bem como características da fenomenologia inerente à interface terra-mar ao longo da Costa Portuguesa. Relativamente à componente da energia das ondas é representado a estimativa a potência do recurso das ondas bem como a representação da estimativa para os principais sistemas padrão das ondas – sistema coluna de água oscilante, sistema dois corpos oscilando em arfagem e sistemas tipo pala oscilante assentes no fundo do mar. Os mapas do recurso energético das ondas foram obtidos com base em dados experimentais (10 anos de dados) compilados e oriundos da base de dados ONDATLAS bem como de dados obtidos por modelação numérica com o modelo MAR3G. Os mapas do recurso energético das ondas traduzem as características do recurso médio anual das ondas para um período de 10 anos sendo suficientemente representativo da climatologia do estado do mar para Portugal Continental. Todos os mapas da energia das ondas são expressos na unidade [kW/m]. É de referir que os mapas eólicos e das ondas são processados com elevada resolução espacial de 1km x 1km e representam as características espaciais do recurso das energias marinhas desde a linha de costa até à batimétrica dos 300m.